top of page
  • Foto do escritorRami

Waterbomb Festival: diversão ou desperdício?


Nessas últimas semanas, se você acompanha o conteúdo coreano eu tenho certeza que você viu algo sobre o Water Bomb Festival. Idols fazendo apresentações ou até mesmo apenas indo em um dos eventos mais esperados do ano. A imagem conservadora que as pessoas tem da cultura coreana é totalmente anulada quando imagens do festival são divulgadas. Roupas de verão, blusas molhadas, pessoas saradas e música boa parece mesmo uma fórmula de sucesso mas ultimamente vem sendo envolvida no assunto que remete o impacto ambiental.


Para quem ainda não conhece, o Waterbomb é um famoso festival anual de música no verão da Coreia do Sul. O palco conta com apresentações de artistas donos de hits, até então é só mais um festival qualquer, a única diferença é que jatos de água são jogados o que combina perfeitamente com o clima, o festival acabou se tornando muito famoso entre os jovens coreanos. Neste festival,tanto o público quanto os cantores são imersos no efeito especial da água. A maioria dos participantes usam roupa maia reveladora pro quesito Coreia.



No entanto, em 2022 a Coreia passou por uma seca, e certo público passou a questionar se é apropriado organizar festivais de verão que usam uma enorme quantidade de água para fins de entretenimento. Para se ter um contexto de como a seca afetou a Coreia do Sul, na época todo houve apenas 160,7 mm de precipitação em todo o país de janeiro a maio, de acordo com o Ministério da Agricultura, Alimentos e Assuntos Rurais. Isso é apenas 52 % da precipitação média para um ano normal. Essa precipitação abaixo da média está causando escassez de água na agricultura e elevando os preços das commodities agrícolas. De acordo com o Escritório Nacional de Estatística da Coreia, os preços de alguns alimentos agrícolas subiram 32,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.


Existem artistas que já declararam ser contra esse tipo de festival. A atriz Lee El se manifestou contra o festival Water Bomb em meio a seca. Essa nível de precipitação acumulada secou um rio chamado Soyang, em 12 de junho, a atriz twittou "As 300 toneladas de água do show Waterbomb podem ser pulverizadas sobre o rio Soyang".

Outro problema seria que este festival não acontece em um só lugar e também não é o único com esse tipo de temática. O Waterbomb festival é realizado em datas diferentes em cinco regiões: Seul, Daegu, Busan, Incheon e Suwonm Seul e costuma durar por 3 dias.



A polêmica dos festivais com a temática água e verão aumentou quando o "Soak Show” organizado pelo Psy, um show com tema aquático assim como o Waterbomb Festival fez o astro dizer em um programa que cada show usa 300 toneladas de água mineral. Após a transmissão, as pessoas souberam que isso era uma grande quantidade de água usada por show, e as pessoas começaram a questionar sobre esse tipo de desperdício. Essas pessoas argumentaram que tais shows não deveriam ser realizados mais porque a Coréia está passando por uma seca, enquanto outros refutaram essa afirmação.



As pessoas que são a favor desse tipo de festival não acreditam que há desperdício e argumentam que, como os shows estão no calor, pode ser perigoso se eles não borrifarem água para refrescar as pessoas, considerando também que dezenas de milhares de pessoas se reúnem a cada show, a quantidade de água é insignificante comparada ao consumo diário de água. Outros, insistem que a água usada não tem relação alguma com a agricultura, e um chegou a fazer o comentário "Se os festivais de água são o problema, não deveríamos também culpar as empresas que operam parques aquáticos por desperdiçar água?"




Fontes: 1|2|3|4|5

682 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page