top of page
  • Foto do escritorK-Pop News

Suprema corte mantém sentença de 42 anos de prisão para responsável pelo NTH Room


A Suprema Corte aprovou em 14 de outubro, uma sentença de prisão de 42 anos para Cho Joo Bin, o mentor de uma notória rede de chantagem sexual online.


O tribunal superior também confirmou que Cho deve usar uma tornozeleira eletrônica por 30 anos, pagar uma multa de 100 milhões de won (cerca de 464 mil reais), ser proibido de trabalhar em instalações relacionadas a crianças por 10 anos após sua libertação e detalhes de sua vida pessoal serão tornados públicos por 10 anos.


Cho foi indiciado em abril do ano passado por organizar uma quadrilha criminosa junto com 38 cúmplices, chantagear 74 mulheres menores de idade e adultas a filmar conteúdo pornográfico e distribuir materiais de abuso sexual a membros de uma sala de bate-papo paga no Telegram, chamada Nth room.


Cho cometeu seus crimes sexuais online de março de 2019 a fevereiro de 2020 antes de ser preso pela polícia em 16 de março do ano passado. O tribunal distrital o sentenciou a 45 anos de prisão, mas a apelação reduziu sua pena para 42 anos.


Fonte: TheKorea Times

25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page