top of page
  • Foto do escritorRami

O declínio de idols com poder vocal


A indústria do K-pop conquistou um aumento explosivo em popularidade nos últimos anos. Esses artistas cativaram ouvintes e fãs em todo o mundo com seus talentos que sempre foram identificados como dança, performance, rap, visual e o que muitos julgam como principal, o vocal. Com o grande sucesso da indústria, o público adepto aumentou severamente e com indivíduos de diferentes idades, nacionalidades e diferentes níveis de conhecimento sobre a história do kpop ao todo. Os fãs das primeiras gerações possuem ideais diferentes sobre o que significa ser um idol, assim como os fãs das mais recentes gerações tem suas opiniões e preferências sobre o que é necessário para ser considerado ser um idol.


Mesmo que existam divergências entre fãs de antigas gerações e fãs de gerações mais novas, um assunto em comum tem feito esses dois lados concordarem sobre uma característica que está sendo cada vez mais notada entre os artistas de kpop, a falta de treinamento vocal. Os grupos das novas gerações continuam com o poder de gerar hits e grandes performances, porém foi-se surgindo essa questão que suscitou preocupação dos fãs e cada vez mais tem gerado comentários críticos ou apenas comentários de ódio gratuito, um declínio percebido na qualidade do canto ao vivo entre certos ídolos.


Frequentemente, o problema é mais perceptível durante os encores dos programas musicais, onde esses artistas aparentemente lutam para apresentar performances vocais fortes. Isto gerou discussões sobre a evolução dos padrões e expectativas na indústria, com muitos buscando um equilíbrio entre espectáculo visual e habilidade musical.


Um dos motivos indicados como influenciador desse declínio em habilidades vocais foi um dos fenômenos mais criticados no kpop ultimamente, o debut de menores de idade. Uma das razões fundamentais é que o período de treinamento dos ídolos está cada vez mais curto. A razão mais fundamental é que o período de trainee é mais curto. Agora, esses trainees treinam por no máximo 3 anos, muitos apenas por meses. Além disso. temos a sobrecarga na programação de inúmeros compromissos como shows, aparições em programas e viagens para promover um grupo. Tudo isso sendo feito para sobreviver o momento que estamos passando na indústria, uma saturação, já que a cada mês as empresas parecem debutar milhares de grupos diferentes e com conceitos cada vez mais similares.


Esse tópico ficou virou tão relevante na indústria musical coreana que se passou a debater se idols estariam inclusos na categoria de cantores. Cantores, aqueles cuja profissão é cantar canções, ou seja, com um enfoque total nas habilidades vocais e apresentações sem o julgado lipsync, porém, se considerarmos “ídolo” como uma profissão ou categoria diferente de “cantor”, a resposta pode ser diferente. Em vez disso, os idols estão sendo considerados artistas que dão mais importância à performance, à música e à comercialização. Ou seja, estão mais próximos de artistas completos do que apenas de cantores.


Apesar de inúmeras críticas que alguns idols vem recebendo pela sua falta de técnica vocal, temos que admitir que os fãs de K-pop em todo o mundo sempre foram mais entusiasmados com as imagens, conceitos, músicas e performances dos ídolos do que o enfoque em uma só habilidade. Idols foram criados para serem perfeitos e completos, mas mesmo concordando que a nova geração ainda precisa de muito treino, é uma grande prepotência esperar que esses seres "imaculados" sejam perfeitos em todas as habilidades que lhes são impostas.


Fontes: 1|2


Conteúdo exclusivo.

Não retirar sem os devidos créditos!

152 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page