top of page
  • Foto do escritorRami

Maldição ou consequência dos sete anos no K-op?



Mesmo sendo novato no K-pop, você já deve ter lido em algum comentário de post falando sobre a maldição dos 7 anos e está matéria vai explicar pra você que ainda não sabe, sobre esse "fenômeno" que acontece há anos na indústria. Esses sete anos são os de debut de grupos, principalmente os femininos, completam antes de perder algum membro ou sofrer um disband, ou seja, decidem não continuar com suas promoções juntos e relacionados com uma empresa. Existem alguns motivos que tentam explicar essa o que podemos chamar de coincidência, no número sete, nos anos de carreira de grupos que envolvem até os que alcançaram grande sucesso em seu tempo de atividade como 2NE1, Sistar e 4Minute, e vamos tentar abordar todos eles aqui pra entender mais um pouco sobre o mistério.


O SISTAR se separou em 2017

Uma das mais prováveis explicações para a maldição, é o fato da maioria dos ídolos assinarem contratos de sete anos antes de debutarem. Existe uma lei que restringe os contratos dos ídolos a um máximo de sete anos. Em 2008, três membros do TVXQ! Jaejoong, Yoochun e Junsu (JYJ), levaram a SM Entertainment ao tribunal por causa de seu contrato de 13 anos, que foi chamado de contrato escravo. Como resultado desse caso, a Comissão Coreana de Comércio Justo criou uma regra em 2009 limitando os contratos de entretenimento a sete anos.


TVXQ!

Esse mistério pode ser resolvido também por uma razão prática. O número de grupos novos debutando por ano tem aumentado a cada ano, só em 2020, mais de 30 grupos novos surgiram nessa indústria que visa principalmente o lucro que um mercado saturado não o proporciona. Com tantos artistas lutando pela atenção do mesmo público, se os grupos não causarem impacto, o contrato de sete anos se arrasta com pouca ou nenhuma atividade e o grupo desaparece sem rastro. Manter o ritmo também é mais difícil do que nunca para os artistas considerados consagrados, a cada comeback tem se notado essa maior dificuldade em se produzir algo considerado um hit.


A rápida introdução de novos rostos está relacionada ao fato de que os membros mais velhos do grupo estão envelhecendo. É por isso que a maldição acomete os grupos femininos, cujas fan bases podem ser as vezes consideradas, não são tão leais quanto as das boy groups. À medida que os membros envelhecem, os grupos femininos geralmente enfrentam dificuldades para manter sua imagem pública inicial, enfatizando a pureza e a inocência, que é um conceito muito popular entre os girls groups.


Maldição, má sorte ou apenas culpa do mercado do K-pop? Com os olhos no dinheiro a indústria tenta se renovar a cada segundo e está cada vez mais próxima de criar a fábrica de Ford, onde a produtividade era alta, e o tempo de produção, baixo, mas dessa vez não são peças de carro e sim vidas de jovens sonhadores com o que se está lidando. Também, temos que parar de culpar somente as empresas pelo fim de um grupo já que parte disso tem origem em nós próprios, consumidores da indústria e que bancamos essa fábrica.


Fontes: 1|2

348 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page