top of page
  • Foto do escritorRami

Consumismo compulsivo e as vendas de álbuns


Como uma kpopper pobre posso lhes dizer com experiência que é IMPOSSÍVEL obter todo conteúdo que seu grupo fav está comercializando no momento. Isso é algo que a indústria do Kpop sabe fazer muito bem, botar um preço em qualquer coisa relacionada a um idol ou seu grupo, de cards infinitos até minutos de conversa frente a frente com uma celebridade.


Não pensem que estou julgando, alguns desses atos eu seria a primeira a fazer "se tivesse dinheiro", mas com alguns anos algumas coisas foram tomando uma proporção fora do normal, com um item que já foi e ainda é uma das maiores provas de sucesso de um músico, o álbum.


Sim, eu estou falando de algo que tem o poder de fazer história. Se pararmos pra pensar, em alguns segundos lembramos de albuns compostos por uma discografia perfeita, trazendo esse cenário para o kpop os albuns sempre foram únicos. Mas os fãs não compram mais um album por seu objetivo mais lógico, as músicas dentro dele. Comprar um album de kpop é ganhar conteúdos exclusivos e de diferentes versões, e se tornou uma prática popular nos últimos anos. Além de versões diferentes, com cards diferentes, tickets mágico a lá Willy Wonka onde você pode ser convidada para um fanmeeting e etc. Por esses e outros motivos os grupos estão quebrando cada vez mais recordes de vendas de albuns antes mesmo de ser lançados, isso significa que cada nova venda um fã novo foi adicionado ao fandom?


As crescentes vendas de álbuns de K-pop vêm com vários problemas de sustentabilidade. Álbuns geralmente vêm em embalagens plásticas retráteis e outras embalagens não recicláveis. São construídos para durar, com a combinação de plásticos e outros materiais, mas isso também significa que são difíceis de reciclar. A demanda por álbuns sem fotocards e outras inclusões também é muito menor do que a do mercado de revenda de fotocards, tornando-os mais difíceis de serem realocados. Na Coreia do Sul, os fãs enfrentaram críticas por doar álbuns sobressalentes para organizações comunitárias e instituições de caridade, já que os CDs não atendem às necessidades urgentes, há muitos para dar aos beneficiários e muitas vezes acabam sem uso.


Sem contar que a cada comeback vemos lixeiras e mais lixeiras lotadas de álbuns ainda embalados, e isso ocorre por que? Pela forma ultrapassada que as empresas ainda utilizam para sortear entradas para os fanmeetings/fansign.


Caso você não saiba, fanmeeting e fansign são eventos realizados por grupos ou artistas onde eles se encontram pessoalmente com os fãs e fazem várias atividades, além de autografar os álbuns.


Para participar desses eventos que acontecem normalmente após um comeback, o fã precisa comprar o álbum mais recente que vêm com um número e este esta concorrendo ao sorteio para participar do evento.


E qual o problema disso? Quanto mais fomoso o grupo, mas concorrido é o sorteio para o evento e para ter mais chances de participar fãs compram álbuns em massa e logo em segui os descartar no meio ambiente.




Globalmente, os fãs estão pedindo que a indústria do K-pop faça mais para proteger o planeta. De acordo com o grupo liderado por fãs, KPOP 4 PLANET, 95,6% dos fãs achavam que as empresas de entretenimento deveriam ser as únicas a fazer mudanças para que o K-pop se tornasse sustentável e dois terços achavam que as compras de álbuns em massa eram a parte mais insustentável do K-pop.


Durante a conferência “Sustainable K-Entertainment” na Assembleia Nacional, um representante do KPOP 4 PLANET pediu que a indústria fizesse mais para lidar com as mudanças climáticas. O grupo atualmente tem mais de 10.000 assinaturas em uma petição pedindo que as gravadoras de K-pop forneçam opções mais ecológicas para álbuns, reduzam as emissões de carbono dos shows e encorajem os artistas a falar sobre a crise da mudança climática.


Fontes: 1|2|3|5









380 visualizações2 comentários

2 komentáře


starlost468
08. 6. 2023

Engraçado que foi só o Stray Kids bater o recorde de pré vendas que às pessoas começaram a ligar pra isso, por que até então ninguém falava, não que seja errado as pessoas falarem sobre isso totalmente ao contrário é muito bom! mas só acho que deveriam falar sobre esse assunto muito antes.

To se mi líbí
wandhadecassia
08. 6. 2023
Reakce na

claro gatinhe, deveriam falar sobre isso antes. mas, me diz uma coisa, quando foi q tocaram no nome do skz? sou uma stay e particularmente não vejo problema nenhum nisso. falando a verdade, vejo sim. dps dessa matéria me toquei o quão a indústria do kpop, ou a indústria da música em geral, não colabora com a natureza. se pensarmos nas coisas ditas na matéria não demora mt pra perceber q bater recode de vendas não é algo bom. pros artista e principalmente pra empresa, é ótimo, mas pro meio ambiente não. temos q pensar mais no problemas do nosso meio ambiente do que especular q tal matéria, q tal tema, apareceu dps de algo acontecer com nossos favs 😉

To se mi líbí
bottom of page