top of page
  • Foto do escritorK-Pop News

Casa Azul responde à petição contra a transmissão do novo drama "Snowdrop"



“Snowdrop”, com estreia marcada para o segundo semestre deste ano, se passa em Seul em 1987. Jung Hae In interpretará Soo Ho, uma estudante de uma universidade de prestígio que um dia corre para um dormitório feminino coberto de sangue. Jisoo (BLACKPINK) interpreta a jovem Cho, uma estudante universitária que o esconde e cuida de seus ferimentos, apesar de enfrentar o perigo e ser vigilante. Quando partes da sinopse começaram a circular online, surgiram preocupações sobre uma possível distorção dos fatos históricos. Com base nas informações que estavam sendo divulgadas na época, o protagonista masculino era um espião que se infiltrou no movimento ativista, enquanto outro personagem masculino era líder da equipe da Agência de Planejamento de Segurança Nacional (NSP), mas é descrito como sendo franco e direto somente. 1987 foi um ano chave no movimento democrático popular da Coréia do Sul que levou ao estabelecimento da atual república. O NSP teria feito parte do regime autoritário da época. O comunicado divulgado pela Casa Azul também menciona a petição contra “Joseon Exorcista”, que foi cancelada pela SBS após a exibição de dois episódios devido à polêmica sobre a potencial distorção histórica do drama. Leia a declaração da Casa Azul abaixo: "Esta é uma resposta às duas petições nacionais relacionadas a “pedidos para suspender a transmissão de um drama”. Na petição “Suspensão da transmissão de 'Joseon Exorcist', o peticionário afirmou que o drama “distorceu a história e consistiu em conteúdo e telas que sugerem uma aceitação do Projeto Nordeste da China” e solicitou que a transmissão fosse suspensa e impedida de se repetir. Aproximadamente 240.000 cidadãos assinaram a petição. O peticionário na petição intitulada “Suspensão da filmagem de 'Snowdrop'” declarou: “É um insulto ao movimento democrático e a tentativa de glorificar a Agência de Planejamento de Segurança Nacional (NSP)” e pediu para interromper a filmagem do drama. Aproximadamente 220.000 cidadãos assinaram a petição. Em 26 de março, a emissora que exibiu “Joseon Exorcist” decidiu cancelar a transmissão do drama após considerar a gravidade da distorção dos fatos históricos. A emissora que vai transmitir “Snowdrop” declarou: “A atual polêmica resultou de informações fragmentadas, como uma sinopse incompleta e partes das descrições dos personagens”, e que “não é um drama que deprecia o movimento pró-democracia ou exalta ser um espião ou trabalhar para o NSP.” O drama está sendo produzido. O Artigo 4 da Lei de Radiodifusão garante a liberdade e independência da emissora de programação de radiodifusão e afirma que não é possível regulamentar ou interferir na programação de radiodifusão sem cumprir as condições estabelecidas pela Lei. O envolvimento direto do governo no trabalho criativo requer especialmente uma abordagem cuidadosa, pois pode ser uma violação da liberdade de expressão. O governo respeita os esforços de autocorreção e as decisões autônomas tomadas em nível civil pelo criador, produtor ou consumidor em relação a conteúdo que vai contra o sentimento nacional. No entanto, as transmissões que prejudicam a responsabilidade pública das transmissões ou violam os regulamentos, como por distorção excessiva da história, requerem deliberação da Comissão de Padrões de Comunicações da Coreia (KCSC). De acordo com o escritório administrativo do KCSC, cerca de 5.000 reclamações foram feitas pelos telespectadores em relação ao já transmitido “Joseon Exorcist”. Devido a atrasos na formação dos membros do KCSC, uma revisão ainda não foi realizada, mas assim que o comitê for formado, definiremos uma agenda e discutiremos se o drama violou ou não os regulamentos de transmissão. O KCSC analisará minuciosamente a imparcialidade da transmissão, a natureza pública e outros fatores de responsabilidade pública por meio das reclamações enviadas pelos telespectadores e monitoramento posterior. Seguindo em frente, o governo continuará a se comunicar com os criadores de cultura e arte, bem como com os cidadãos, para que várias discussões sobre o trabalho criativo possam ocorrer de maneira saudável. Agradecemos a todos os cidadãos que participaram nas petições nacionais."


Fonte: Soompi

339 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page