top of page
  • Foto do escritorK-Pop News

Agência de Park Yoochun tomará medidas legais por violação de contrato e difamação


Em 14 de agosto, um meio de comunicação japonês informou que Park Yoochun assinou com uma nova agência no Japão porque a sua empresa mal o pagou durante os dois anos em que trabalhou com eles.


A Re:Cielo divulgou um comunicado oficial em 18 de agosto para negar as alegações de Park Yoochun e explicar seu lado da história.


"A Re:Cielo é uma agência criada pelo gerente que trabalhou com Park Yoochun desde que ele começou a promover com o JYJ após a separação do TVXQ. Ele criou a empresa de gestão para ajudar Park Yoochun a retornar à indústria e tem trabalhado como CEO da agência.

No momento da criação da Re:Cielo [janeiro de 2020], havia dificuldades em registar os acionistas devido às responsabilidades da empresa, pelo que, aparentemente, registrou a sua mãe como o maior acionista. Por essa razão, a maior acionista da Re:Cielo é atualmente a mãe de Park Yoochun, mas ela nunca esteve envolvida na gestão real da empresa.


Há cerca de um mês, ouvimos que Park Yoochun havia violado o contrato com a Re: Cielo e assinado um segundo contrato com uma agência japonesa. No meio disso, em 14 de agosto de 2021, descobrimos que havia uma reportagem no Japão onde Park Yoochun afirmava que o CEO da Re: Cielo havia desviado fundos e que Park Yoochun havia rescindido seu contrato exclusivo com a Re: Cielo. Então, em 16 de agosto de 2021, foi relatado que Park Yoochun estava levando adiante um fanmeeting no Japão.


Até agora, a Re: Cielo não questionou Park Yoochun usando o cartão da empresa para cobrir seus custos de entretenimento pessoal e despesas de manutenção, e temos estado ao seu lado ajudando-o a resolver seus problemas de dívida pessoal que totalizaram mais de 2 bilhões de won (cerca de $ 1.710.860). Mesmo assim, Park Yoochun deu o cartão da empresa para sua namorada na época com quem ele morava para que ela comprasse bolsas de luxo e, em outra ocasião, ele usou dezenas de milhões de wons de fundos da empresa para jogos. Além disso, Park Yoochun foi a um estabelecimento de entretenimento adulto e devia a eles 100 milhões de won (aproximadamente $ 85.510) porque ele não pagou, e como as partes relacionadas o atormentaram por um longo tempo, a empresa pagou por ele.”


Em uma entrevista á Hankyung.com, o advogado explicou que estão preparando uma ação civil por danos contra Park Yoochun pelos danos recebidos pela Re: Cielo e como resultado de sua quebra de contrato, bem como indenização por danos por difamar o CEO da agência.

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page