top of page
  • Foto do escritorRami

A imposição da cultura do aegyo sobre os artistas


Idols de K-pop e celebridades da TV coreana, independentemente de sexo ou idade, empregam o aegyo para cultivar a intimidade com os fãs. Isto é demonstrado através de gestos distintos, como formar corações com os dedos e as mãos ou atos infantilizados. Por outro lado, realizar aegyo pode se tornar um incômodo, especialmente quando o executante do aegyo demonstra desconforto ao realizá-lo.


A cultura do aegyo na Coreia do Sul, que enfatiza que as estrelas agradem seus fãs com comportamentos considerados inocentes, adoráveis ​​​​e fofos, não tem limite de idade. Recentemente o Choi Min-sik, mundialmente aclamado por seu papel no clássico filme "Oldboy", participou de eventos de encontro com o público realizado em cinemas locais como parte das promoções de seu último filme “Exhuma”. Fotos do ator de 62 anos com acessórios femininos oferecidos por fãs se tornaram virais. O momento repercutiu tanto na Coreia que deu origem a hashtag “ha-kku”, que é uma abreviatura da frase coreana “decorando um vovô”. O ator foi elogiado por ter interagindo e aceitado os adereços que lhes eram oferidos durante seus encontros com os fãs. Embora, interações como essas não garantam impacto nas bilheterias, os atores participam dessas promoções como uma forma de mostrar seu apreço pelo público. No entanto, existe uma potencial de reação negativa se eles recusarem a participar da cultura do aegyo.


Um exemplo dessa pressão foi quando o ator Park Seo-joon, conhecido por seus papéis em "O que há de errado com a secretaria Kim?" e “Itaewon Class”. Durante um evento promocional do thriller distópico "Concrete Utopia", em agosto do ano passado, Park se recusou a usar uma faixa de cabelo de raposa oferecida por sua co-estrela Park Bo-young, que também usava uma faixa de coelho. O vídeo da recusa de Park se tornou viral e alguns fãs o criticaram por “não parecer totalmente comprometido” com a promoção do filme. "Não pode ser tão difícil usar uma faixa de cabelo, pode?" um indivíduo comentou na época. Park explicou mais tarde que havia um motivo pelo qual ele recusou em suas redes sociais. Ele disse que usa muito spray de cabelo porque transpira em eventos como esse, e é doloroso usar o acessório de cabelo em cima do cabelo totalmente com spray. “Pode parecer uma desculpa”, disse ele em seu post, “Mas fãs, vocês sabem que normalmente uso essas coisas sem hesitação.”


É fácil de entender que nem todos os artistas, principalmente os mais velhos, ficam confortáveis em agir de forma infantil e utilizar acessórios que não são de seu gosto. Quando alguém se torna uma celebridade, os fãs consequentemente se acham no direito de exigir que artista corresponda toda a demanda exigida pelos mesmos, já que um famoso só existe quando se tem fãs, então é considerado um papel obrigatório os desejos dos fãs serem atendidos. Entretanto, a relação entre o artista e seu fandom deve ser mútua.


The8 membro do grupo SEVENTEEN, é conhecido pelo seu fandom pelas suas opiniões sinceras direcionadas aos seus fãs. Em um fanmeeting que ocorreu em Macau, foi oferecido ao idol inúmeros acessórios que o mesmo educadamente utilizou e tirou fotos. Mais tarde em suas redes, o artista declarou seu real sentimento sobre o ocorrido. Ele agradeceu a paixão de seus fãs, mas foi claro ao dizer que foram lhe oferecidos muitos acessórios que ele mesmo denominou como estranhos. The8 declarou "tentem entender como eu me sinto, já que vocês (fãs) me conhecem tão bem e conhecem minha personalidade".


Apesar do aegyo ainda ser uma cultura muito utilizada, alguns expressam preocupações de que o uso excessivo dessa cultura possa resultar na negligência da importância de exibir comportamentos adequados à idade. Dar muito valor a ser fofo pode deixar perplexos os adultos que não estão inclinados a adotar um comportamento infantil quase sempre em busca de vantagens sociais.


Fontes: 1|2|3



Conteúdo exclusivo.

Não retirar sem os devidos créditos!


95 visualizações0 comentário

Yorumlar


bottom of page